top of page
  • Marcelo Camargo

Como montar uma equipe de gestão financeira


Olá, sou Marcelo Camargo, CEO da 6ix Gestão Financeira.


Uma das pernas do tripé de um processo eficiente de gestão financeira são as Pessoas (Rotinas, Sistema e Pessoas). Não adianta ter processos definidos dentro de uma rotina organizada e um sistema perfeito para emitir as informações financeiras do negócio se não existirem pessoas preparadas e treinadas para fazer tudo acontecer.


Porque precisamos de pessoas envolvidas no processo de gestão financeira? Porque consideramos as pessoas como uma das pernas do tripé?


Bom, o processo de gestão financeira exige que tudo esteja registrado e que a rotina financeira seja respeitada para que os relatórios financeiros estejam prontos em tempo razoável e com dados corretos para o processo de tomada de decisão. Portanto, precisamos de pessoas dedicadas ao processo financeiro, do contrário há o risco de não funcionar corretamente.


É um erro bastante comum entre os pequenos negócios ignorar a necessidade de preparar e treinar as pessoas para o processo de gestão financeira. E isso é perfeitamente entendido, pois o empreendedor muitas vezes não tem conhecimento, tempo ou recursos financeiros para escolher, treinar e cuidar de uma ou mais pessoas para cuidar do seu financeiro.


O objetivo desse texto é dar algumas dicas de como dimensionar a equipe do departamento financeiro ideal, definir o perfil das pessoas que melhor se enquadram para essas tarefas e entender como dividir as responsabilidades entre os membros da equipe.


O primeiro passo é entender o número de pessoas necessário para realizar as atividades financeiras e isso vai depender do estágio e do tamanho da operação da empresa.


Geralmente empresas em estágio inicial de operação são negócios pequenos, sem muitos recursos financeiros. É bastante comum em negócios nesse estágio ter o próprio empreendedor realizando as tarefas de registro, conciliação, pagamentos, emissão de notas, etc. Mas o ideal é ter pelo menos uma pessoa dedicada ao financeiro, pois o empreendedor irá sempre priorizar as tarefas comerciais, de atendimento ao cliente e deixar registros financeiros para serem feitos depois do expediente, fim de semana e, em muitas vezes, deixam de realizar tais tarefas.


Com o crescimento da empresa e o aumento da complexidade da operação, é necessário verificar a necessidade de ter uma equipe maior, com divisão de tarefas e de responsabilidades para que a rotina seja processada sem aquela sensação de que tudo está sendo feito em “cima da hora”. E para dimensionar o tamanho da equipe você deverá definir:


1 – Quantas horas por dia consome a rotina financeira de sua empresa? Quanto mais horas forem necessárias para fazer todas as tarefas da rotina estabelecida, maior o numero de pessoas necessário para dar conta de tudo. Lembrando que a rotina de um departamento financeiro é diária, ou seja, tudo começa e encerra no mesmo dia;


2 – Quanto você pode disponibilizar do seu próprio tempo para realizar tarefas do departamento financeiro? Se seu papel na empresa é o comercial, passando grande parte do tempo visitando clientes ou atendendo no balcão, realizando compras, etc., não irá ter tempo disponível para se dedicar ao departamento financeiro. Neste caso o ideal é contratar um gerente financeiro que irá ficar responsável pelas decisões do dia a dia que você não vai poder participar. Do contrário, caso você tenha tempo disponível, poderá abrir mão de um profissional mais gabaritado e assumir você mesmo essa posição;


3 – Qual o seu nível técnico na área financeira? Se você não tem conhecimento na área financeira, o que é muito comum em pequenos negócios, certamente precisará ter um profissional mais preparado na equipe, para assumir esse papel;


4 – Quais demandas irá delegar à equipe e quais irá realizar você mesmo? Quanto mais necessitar delegar à equipe, maior e mais preparada deverá estar.


Depois que definiu o tamanho da equipe, a divisão das tarefas e das responsabilidades, você precisará encontrar pessoas com o perfil ideal para exercerem a função. Basicamente você precisará de dois tipos de profissionais, quais sejam, a) analistas e b) gerentes(s).


Para o perfil de analista, o ideal são pessoas com experiência moderada, que estejam estudando ou estudado economia, contabilidade ou administração. Precisam ser pessoas concentradas, que trabalhem bem com rotina constante. Evite pessoas que se dispersem facilmente e que não gostem de fazer a mesma coisa todos os dias. O salário de um analista financeiro varia conforme a região, mas para pequenos negócios está em torno de R$ 2.500,00 e R$ 3.500,00. Vale ressaltar que em grandes empresas o salário pode ser maior, chegando à R$ 6.000,00, o que pode obrigar um pequeno negócio a pagar um salário ainda maior.


Para o perfil de gerente você vai precisar de uma pessoa com maior experiência. Que tenha já trabalhado em empresas do mesmo ramo que o seu. Precisa ser uma pessoa de idônea, pois irá realizar uma atividade de confiança, o que vai exigir uma pesquisa maior sobre suas referências. O salário de um profissional para ocupar o cargo de gerente pode chegar à 6.500,00, dependendo da região.


Vale lembrar que os salários acima são salários base, sem os encargos e outros direitos como férias e décimo terceiro salário.


Uma opção muito acessível é contratar serviços terceirizado para realizar as atividades do financeiro. A 6ix é uma empresa de Gestão Financeira especialista nessa área. Oferecemos um serviço completo, com software de gestão em nuvem e equipe de analistas treinada em rotinas preestabelecidas. Nosso objetivo é transformar o processo de gestão financeira de pequenos negócios com até 50 funcionários em profissional.


Fale com o nosso time comercial e entenda melhor como funciona, será um prazer te ajudar!


70 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page